A Kaspersky acaba de anunciar às organizações médicas o acesso gratuito aos seus produtos de segurança informática, com o objetivo de reforçar a sua proteção contra ameaças de cibersegurança durante a pandemia Covid-19. A lista de produtos corporativos, disponíveis gratuitamente pelo período de seis meses, inclui o Kaspersky Endpoint Security Cloud Plus, o Kaspersky Security for Microsoft Office 365, o Kaspersky Endpoint Security for Business Advanced e o Kaspersky Hybrid Cloud Security.

A continuidade das operações e a proteção dos dados são aspetos críticos para as entidades de assistência médica. Mais ainda no atual contexto, em que os hospitais estão sob elevada pressão e precisam de mobilizar todos os seus recursos para prestarem o máximo de apoio e cuidados de saúde à população. Dito isto, é essencial garantir o normal funcionamento dos equipamentos médicos, de forma a que a informação esteja sempre disponível para os profissionais de saúde, bem como assegurar que os dados sensíveis dos pacientes estão protegidos, permanecendo confidenciais.

Para ajudar as organizações médicas a ultrapassar este clima de pressão sem precedentes, minimizando os riscos de cibersegurança que podem surgir durante este período, a Kaspersky pôs à disposição, de forma gratuita, as suas principais soluções corporativas. Incluem-se produtos de proteção para endpoint e cloud, como o Kaspersky Endpoint Security for Business Advanced, o Kaspersky Hybrid Cloud Security, o Kaspersky Endpoint Security Cloud Plus e o Kaspersky Security for Microsoft Office 365. 

“Neste momento crítico, além das instituições de saúde estarem muito pressionadas, têm também a enorme responsabilidade de combaterem a pandemia e salvarem a vida de milhares de pessoas. Médicos, enfermeiros e técnico operacionais – todas as partes envolvidas carregam um peso enorme nos ombros, por isso qualquer ajuda que possamos dar será bem-vinda. Acreditamos que é nosso dever ajudar a comunidade médica da melhor forma que sabemos, neste caso oferecendo licenças gratuitas para as principais soluções corporativas de segurança da Kaspersky durante seis meses”, realça Evgeniya Naumova, vice-presidente da Global Sales Network da Kaspersky.

Além desta iniciativa, a Kaspersky aconselha também as organizações médicas a adotarem boas práticas de cibersegurança, implementando as seguintes medidas o mais rápido possível:

  1. Planear um programa básico de consciencialização para cibersegurança, direcionado aos profissionais de saúde e colaboradores administrativos, abrangendo as práticas mais essenciais, como a definição de palavas-passe e o acesso a contas de utilizador, a proteção do e-mail, o uso de dispositivos USB, a segurança dos computadores (e outros dispositivos), bem como a navegação segura na Internet. É importante explicar à comunidade médica que existe um risco de ameaça crescente à cibersegurança dos sistemas de IT na área da saúde.
  2. Este é o momento para verificar quais as soluções de cibersegurança implementadas nos hospitais, bem como se estão atualizadas, configuradas corretamente e se abrangem todos os dispositivos usados pelos funcionários. Recomenda-se ativar um firewall para habilitar a proteção face aos ataques provenientes da Internet e verificar se existe proteção contra ransomware, uma das ameaças mais comuns para as organizações médicas.
  3. Verificar se todos os dispositivos médicos de uso específico, como os ventiladores, estão adequadamente configurados e atualizados. Se estiver previsto que o número desses aparelhos aumente significativamente, importa desenvolver um procedimento dedicado a instalar e configurar rapidamente todos os novos dispositivos que chegam ao hospital.
  4. Alguns hospitais contratam, sob emergência, novos funcionários, o que significa o aumento do número de endpoints, incluindo dos dispositivos pessoais dos colaboradores recém-chegados. Esta situação pode prejudicar a visibilidade e o controlo das tecnologias corporativas, devendo os serviços de IT prestar especial atenção à proteção desses novos equipamentos. Será melhor assegurar perfis, políticas e licenças de segurança em antecipação, para garantir que estão disponíveis para os dispositivos sempre que necessário.
  5. Averiguar se a atual solução de segurança dos hospitais permite a compra de licenças suficientes para o crescente número de novos dispositivos.

Para saber mais informações sobre esta oferta e qual a sua disponibilidade, clique no seguinte link e contacte diretamente a Kaspersky ou os seus revendedores.

Classifique este item
(0 votos)
Ler 416 vezes
Tagged em

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Wintech TV

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top