A nova investigação da Kaspersky revela que, a nível global, os consumidores querem adotar mais medidas para proteger e manter o controlo da sua privacidade pessoal. Segundo as conclusões do seu relatório, Defending digital privacy: taking personal protection to the next level, os consumidores estão a tornar-se mais conscientes sobre os locais online onde a sua informação pessoal pode estar disponível e, neste sentido, 82% dos mesmos afirmam ter tentado remover informação privada de websites ou redes sociais. No entanto, um terço (37%) ainda não sabe como lidar com esta situação.

As conclusões desta investigação realizada pela Kaspersky revelam como é fundamental proteger a privacidade dos dados pessoais e interações online, de modo a garantir que possamos continuar a beneficiar da tecnologia. O relatório, que inclui conclusões de um novo inquérito feito a consumidores de 23 países diferentes, analisa as atitudes atuais dos mesmos em relação à privacidade online e as medidas que estão a tomar para evitar que a informação privada caia nas mãos erradas.

Desta forma, os consumidores demonstraram que não se preocupam apenas com a sua informação privada, mas também com a das pessoas que lhes são próximas. O relatório revela que, por exemplo, 24% dos consumidores afirmam que os seus dados pessoais ou informações sobre a sua família se tornaram disponíveis publicamente sem o seu consentimento.

Estes incidentes estão a pressionar os consumidores a fazerem escolhas conscientes sobre como e onde os seus dados pessoais são guardados, de modo a impedir que sejam vistos ou utilizados por outras pessoas sem a devida autorização. Uma percentagem significativa de pessoas utiliza medidas adicionais quando navega na Internet, com o intuito de esconder a sua informação de hackers (43%), dos websites que visita (41%) e de outros indivíduos que acedem ao mesmo dispositivo (37%). Além disso, alguns consumidores continuam desconfiados relativamente ao armazenamento de informações pessoais nos seus dispositivos. Por exemplo, um quinto (21%) afirma também estar preocupado com os dados pessoais recolhidos pelas aplicações que utiliza nos seus dispositivos móveis.

Estas pessoas podem sentir que estão a perder o controlo sobre o local onde os seus dados são guardados e estão conscientes dos riscos associados à partilha de informações pessoais. Por isso, torna-se compreensível que não queiram que os seus dados sejam utilizados por terceiros sem o seu conhecimento. 

"Há muitas formas de controlar a pegada digital. Uma delas é ter em consideração com quem se partilha os dados pessoais e compreender como podem ser utilizados. Tudo o que é colocado na Internet pode permanecer acessível a um vasto leque de pessoas durante muito tempo, a menos que sejam tomadas medidas específicas para os utilizadores se protegerem. Compreender como manter em segurança os dados pessoais na Internet e gerir eficazmente onde os dados são armazenados é um passo em frente para garantir uma presença online positiva, melhorar a reputação pessoal e garantir oportunidades futuras", comenta Marina Titova, Head of Consumer Product Marketing da Kaspersky.

Para que os consumidores possam proteger melhor e eficazmente a privacidade dos seus dados, são necessárias algumas diretrizes. Neste sentido, Patrick Penninckx, Head of Department, Information Society do Conselho da Europa, acrescenta: "O «Global Privacy Research», realizado anualmente pela Kaspersky, oferece ferramentas úteis para compreender melhor o nível de consciência e a perceção geral que os utilizadores da Internet têm sobre o exercício do seu direito à privacidade e à proteção de dados pessoais. A Convenção 108+ recomenda promover uma divulgação mais ampla e significativa das avaliações do impacto da proteção de dados, a aplicação do princípio da privacidade e uma atitude proativa em relação aos requisitos de segurança de dados".

Undatify: o novo serviço que ajuda utilizadores a recuperar e a eliminar dados pessoais de organizações


Para ajudar os utilizadores a recuperarem as informações pessoais, a Kaspersky lançou um novo serviço, chamado Undatify. Esta nova solução permite contactar organizações que podem estar a guardar dados pessoais, para que estes possam ser partilhados com o utilizador ou mesmo eliminados ao abrigo do RGDP e outras leis relativas à privacidade. Em alguns casos, isto é tão fácil como preencher um formulário de contacto.

Para ajudar a orientar os utilizadores neste processo, a Undatify dispõe de uma ferramenta chamada Legal Bot. 

Através do Legal Bot, o utilizador pode contactar as organizações incluídas no catálogo do Undatify ou adicionar aquelas que procura, de modo a obter uma cópia dos dados pessoais ou solicitar a eliminação imediata dos mesmos. De seguida, o Legal Bot gera o pedido e envia-o para a organização correspondente. Após receber uma resposta da organização em questão, o Legal Bot utiliza algoritmos inteligentes para analisar o conteúdo e fornecer ao utilizador algumas sugestões de utilização.

Para garantir que a informação pessoal permanece protegida na Internet, a Kaspersky aconselha os consumidores a tomar as seguintes medidas:

  • Criar uma lista das suas contas online para que ter uma ideia dos serviços e websites que podem estar a guardar as suas informações pessoais.
  • Utilizar o “Privacy Checker”, uma vez que ajuda a considerar a possibilidade de definir como privados os perfis pessoais nas redes sociais. O modo privado torna mais difícil o acesso a terceiros a informação altamente pessoal.
  • Instalar o Kaspersky Security Cloud, de modo a identificar pedidos potencialmente perigosos ou questionáveis feitos por uma aplicação e compreender os riscos associados a diferentes tipos de permissões comuns. Esta solução também incorpora a funcionalidade “Do Not Track”, para evitar que sejam carregadas funcionalidades que possam monitorizar as ações dos utilizadores em sites e guardar informações pessoais.
  • Os utilizadores europeus podem simplificar o processo de recuperação do controlo das informações pessoais que possam ter sido publicadas online sem autorização, utilizando o Undatify, o novo projeto da Kaspersky lançado através do seu Innovation Hub.

Para mais informações e para ler o relatório completo Defending digital privacy: taking personal protection to the next level clique aqui.

Classifique este item
(0 votos)
Ler 103 vezes
Tagged em

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Wintech TV

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top